Compartilhe:
Gestão e Finanças Inovação

6 motivos para implantar estratégias de inovação no seu negócio

Sobreviver no mercado e se destacar da concorrência: esses são alguns dos motivos. Saiba mais!


A palavra do momento no meio empresarial parece ser inovação. No entanto, como ir além do discurso? Acreditamos que o primeiro passo é entender os benefícios dessas políticas de gestão da inovação dentro da empresa. Gerenciar processos (por mais simples ou complexos que sejam) a partir de uma visão inovadora é fundamental para que sua organização continue competitiva no mercado.

Políticas de gestão da inovação

Conhecer cultura e valores, pontos fortes e fracos, ameaças e oportunidades são os primeiros passos para desenvolver uma estratégia de inovação. Ou seja, você provavelmente não vai começar do zero. Com o tempo, vai ficar mais fácil identificar, priorizar e conduzir projetos de inovação na empresa. Quando todos na equipe se baseiam em critérios técnicos, financeiros, mercadológicos e de sustentabilidade para tomar decisões, a inovação flui naturalmente.

O processo de implantação é dinâmico e, por isso, demanda acompanhamento, avaliação, atualização e redirecionamento constantes. Você começa a aprender com sucesso e fracasso e passa a compreender e assimilar como a inovação pode impactar no aumento de competitividade do negócio. Além disso, passa a identificar as principais barreiras às inovações e desenvolver soluções para superá-las.

6 motivos para implantar políticas de gestão da inovação

Inovações podem gerar vantagens competitivas a médio e longo prazo. Por isso, implantar políticas na área é uma maneira de garantir a sustentabilidade da sua empresa no futuro, seja com a diferenciação no mercado, seja com o aumento de produtividade e redução de custos.

Abaixo, separamos alguns motivos que farão você repensar a importância da gestão da inovação na sua empresa:

 1 – Sobreviver

Pode ser um motivo óbvio, mas é preciso acompanhar atentamente as movimentações do mercado. Fazer mais do mesmo não vai diferenciar sua empresa, o que pode resultar em perdas significativas de atuação em seu nicho. Desenvolver soluções inovadoras será, cada vez mais, essencial para continuar no jogo.

 2 – Diferenciar-se em ambientes competitivos

A inovação vai aumentar a diferenciação de seus produtos e serviços no mercado. Se você atua em um mercado comoditizado, inovação é quase um mantra corporativo. Como nesse mercado o nível de competição é extremamente alto e os produtos ofertados são praticamente iguais, quem inovar nesse contexto sairá na frente. Em tempos econômicos difíceis, a diferenciação é fundamental.

 3 –  Liderar um mercado específico

Ter uma visão de longo alcance do seu mercado vai possibilitar a identificação de novas condições e possibilidades para atuar de maneira diferenciada. Inovar é encontrar novos caminhos para chegar ao seu destino final. Assim, sua empresa conquista posições de destaque e pode até liderar o seu segmento.

 4 – Acessar novos mercados

A inovação também ajuda a enxergar possibilidades de negócio e novas operações. Porém, para conquistar novos cenários, é necessário identificar qual é a melhor maneira de investir e contribuir para esse crescimento.

 5 – Agregar valor aos produtos

Quando o cliente realiza uma compra, analisa os custos e benefícios do produto ou serviço. Como esses custos não são apenas monetários, sua empresa deve passar a imagem de que o produto “vale a pena”. Uma empresa inovadora sabe que deve vender soluções, sempre baseadas no que o cliente deseja e precisa. Um bom exemplo de como a inovação pode agregar valor aos produtos é o Empório Aracatu, que precisava agregar valor ao leite. A empresa criou produtos próprios, segmentando os processos produtivos e separando a gestão financeira da produção leiteira, do laticínio e do empório. O resultado? A empresa obteve uma variação positiva de até 40% do setor de produção de leite da empresa, comparando aos valores praticados pelo mercado regional.

 6 – Aumentar valor da marca

Na balança do sobe e desce entre as marcas mais valiosas do mundo, a inovação pesa bastante. Em 2010, por exemplo, Apple e Google foram as marcas que mais valorizaram, crescendo, respectivamente, 37% e 36%. Conhecidas por investirem incessantemente em políticas de inovação, ambas aparecem nas duas primeiras posições no ranking da Interbrand 2015, o mais atual.

As políticas de gestão da inovação podem ser implantadas nos produtos, processos ou modelos de negócio. Seja qual for o campo para inovação escolhido, compreender o papel da criatividade e do empreendedorismo na inovação é fundamental. Outro ponto importante é estender o processo para além das fronteiras da empresa, envolvendo também fornecedores, clientes etc. Assim, sua empresa reduz os riscos da inovação, compartilha ganhos e acelera o retorno sobre os investimentos.

Texto: Luciana Sayuri Oda/Sebrae

Leia também: Como economizar na despesa das PMEs

Seja o primeiro a comentar
Compartilhe:

SOLICITE UMA CONSULTORIA GRATUITA

Marketing Digital para Pequenas e Médias empresas

Deixe um comentário

Assine nossa Newsletter

Receba por e-mail nossas novidades e publicações.